29 de mar de 2013

Até quando se esconder...

Sabe quando a sua vida pára num dado momento, e, só depois de meses quase 1 ano você se dá conta de que está fazendo tudo errado? Mirando-se num passado e numa esperança que não existe e que mesmo assim insiste em atormentar a cabeça a ponto de te adoecer? Pois é isso acontece, e a gente fica inventando desculpas ou mil motivos sendo que não correspondem com a verdade, e ela a verdade está lá para nos confrontar e aí até quando fugir? até quando se esconder?

É fato somos humanos, temos medos de todos os tipos, mas e se não enfrentá-los? O que será de nós? Entregar os pontos e as armas e se render sem nem ao menos tentar? Se esconder como um rato em sua toca ou rugir como um leão para que o mundo veja e ouça a sua força?

Quanta tolice nós nos submetemos imaginando impressionar pessoas que não valem a pena somente pela satisfação de estarmos sendo "vistos" por elas, enquanto quem realmente importa deixamos de enxergar por um instante, focando no alvo errado, num alvo frustrado, que deveria ter ficado no passado, mas que como um zumbi as vezes volta a assombrar (risos)...

Por isso se esconder não deve ser o correto, mas enfrentar as adversidades, sejam quaisquer que forem, e quem tenha provocado, passado é passado e ponto final! Viver o presente e as surpresas do futuro é o que nos resta! Se lançar ao desconhecido e provar seus sabores...